Mar azul e branco, em Fafe, na festa do rei Alarcón
Home > Notícias > Volta > Mar azul e branco, em Fafe, na festa do rei Alarcón
Volta
Mar azul e branco, em Fafe, na festa do rei Alarcón
20:22 - 12 agosto, 2018

Raúl Alarcón confirmou, este domingo, em Fafe a segunda conquista consecutiva na Volta a Portugal Santander.

Partilha este artigo

Para terminar e provar que foi o mais rápido no conjunto dos 11 dias de competição, o espanhol fez o terceiro tempo no contrarrelógio final controlando o andamento e não assumindo riscos desnecessários ao longo dos 17,3 quilómetros do percurso que encerrou a prova. Num autêntico assalto à classificação coletiva, a W52-FC Porto colocou cinco dos sete corredores da equipa nos dez melhores do último dia. No dia anterior, após a Senhora da Graça, Alarcón já tinha garantido a Camisola Azul Liberty Seguros da montanha. "Estou muito contente. São muitas emoções... A verdade é que fiquei sem palavras. Mais uma vez demonstrámos que estamos bem e unidos", salientou o vencedor da 80ª Volta a Portugal Santander.

Alarcón terminou com 1 minuto e 3 segundos de vantagem sobre Joni Brandão (Sporting-Tavira), que conseguiu segurar o segundo lugar, apesar da tentativa de Vicente García de Mateos para subir uma posição. Feitas as contas Brandão, quarto no contrarrelógio, manteve o segundo lugar com vantagem de 11 segundos sobre o espanhol terceiro classificado que, ainda assim foi o mais rápido, no exigente exercício de luta contra o cronómetro com a marca de 25 minutos e 17 segundos nos pouco mais de 17 quilómetros. João Rodrigues (W52-FC Porto) fez o segundo melhor registo a 21 segundos. Na geral Mateos repete o terceiro lugar de 2017 e a vitória na classificação dos pontos, vestindo a Camisola Verde Rubis Gás. Xuban Errazkin (Vito-Feirense-BlackJack) confirmou a vitória na classificação da juventude, Camisola Branca RTP.

Em aberto estava a luta coletiva, com dois segundos a separar o Sporting-Tavira e a W52-FC Porto. Nesta sempre particular rivalidade foram os azuis e brancos que acabaram a celebrar com 1 minuto e 54 segundos de vantagem o que levou a multidão onde mais se faziam notar os adeptos portistas a aplaudir de forma entusiasta a equipa com a presença doo próprio presidente Pinto da Costa. Fafe viveu este domingo uma tarde intensa de ciclismo brindando a 80ª Volta a Portugal Santander com o último dos muitos banhos de multidão que acompanharam a prova.

No pódio Rui Vinhas muito aplaudido recebeu o troféu “Espírito de Sacrifício” entregue pelo Exército Português para destacar a valentia do corredor que, apesar de vítima de queda violenta, continuou em prova até ao fim.

Resumo provisório das Classificações

Declaração Áudio do Camisola Amarela

Declaração Áudio do Vencedor da Etapa

Notícias Relacionadas
Destaques
Ver todos
16:40 - 03 agosto, 2019
14:00 - 03 agosto, 2019
13:20 - 03 agosto, 2019