6ª Etapa
Home > Etapas > 6ª Etapa
6ª Etapa / Torre de Moncorvo - Bragança / 189,2 Km / 7 agosto
Menu
Cidade Partida
Cidade Chegada
Mapa
Percurso
Altimetria
Sernancelhe

Sernancelhe é terra de história, de património e de tradição. É a terra de Aquilino Ribeiro, do Santuário da Lapa e da Castanha. É um território extenso, de montanha, onde na linha do horizonte avista-se o Marão e a Estrela. No fundo do vale, é o rio Távora que domina a paisagem, serpenteando, apressado, a caminho do Douro. Abençoada pela natureza, Sernancelhe distingue-se como “Terra da Castanha”. Séculos de ligação ao castanheiro moldaram a paisagem das aldeias e das encostas. Soutos frondosos e manchas centenárias da variedade Martaínha, como a Seara, no sopé de Nossa Senhora de Ao Pé da Cruz, são referência no país. É por aqui que passam os trilhos do BTT e do pedestrianismo, como que seguido as passadas dos caminheiros de Santiago que por ali alcançavam a Vila de Sernancelhe depois de ultrapassada a Ponte do Abade com as suas albergarias e o Mosteiro da Ribeira. Quase nove séculos de história colocam Sernancelhe entre as terras mais antigas do País. Antiguidade patente na Igreja Românica, do séc. XII,com o seu arco de volta perfeita, exibindo dois grupos escultóricos inscritos em nichos onde pontua o peregrino Apóstolo Santiago. Terra de fé e terra de pastores, aqui nasceu o escritor Aquilino Ribeiro, autor do livro “Estrada de Santiago”. A quase mil metros de altitude, no planalto, ergue-se o Santuário da Lapa, um dos mais antigos da Península Ibérica, e que guarda uma das mais belas páginas da difusão do culto no País e no Mundo, sendo indelével a marca deste lugar na evangelização das nações aquando dos Descobrimentos.

 

A visitar

O Santuário de Nossa Senhora da Lapa, com o Colégio, Casa da Câmara e Cadeia, o Convento de Nossa Senhora da Assunção, o Recolhimento de Nossa Senhora do Carmo, em Freixinho, o Pátio Aquilino Ribeiro, o Centro Histórico de Sernancelhe, com a igreja Românica do séc.XII, a aldeia de Fonte Arcada, a Casa da Loba e o Relógio, as graníticas serras da Lapa e da Zebreira, os miradouros da Senhora de Ao Pé da Cruz e Senhora das Necessidades e as aldeias ribeirinhas de Vila da Ponte, Freixinho e Faia.

 

Gastronomia

A identidade gastronómica do concelho afirma-se nos produtos e nos rituais próprios dos territórios de montanha. É a matança do porco que tempera os sabores da gastronomia regional. Os torresmos, a carne entremeada, as fêveras assadas e o fígado frito com batata cozida são os pratos eleitos, assim como o fumeiro: morcelas, farinheiras, moiras, chouriças e salpicões. Peixinhos do rio em molho de escabeche, acompanhados de pão da Lapa, são petisco único. O bacalhau assado no forno, o cabrito à Flora são iguarias igualmente reconhecidas. Nos conventos e mosteiros tiveram origem dois dos mais apreciados exemplares da doçaria sernancelhense: fálgaros de Tabosa do Carregal e as cavacas de Freixinho. Em plena capital da castanha, este fruto tem honras de rainha. É utilizado na cozinha como complemento alimentar, mas, em tempos substituiu a batata. Cozidas, assadas, em pudim ou em compota, são múltiplas as formas de saborear a castanha de Sernancelhe, estando cada vez mais presente no dia a dia dos habitantes locais.

Bragança

Bragança conserva um património ímpar num centro histórico compacto, que facilmente se percorre a pé. As suas pedras gastas são testemunhas de uma História atribulada, que remonta à Idade do Bronze, conta com a presença de romanos, suevos e visigodos, prosseguindo com combates que ajudaram a estabelecer as linhas de fronteira e a importância estratégica do burgo.

A Torre de Menagem quatrocentista destaca-se num dos mais harmoniosos e bem preservados castelos do país, que abriga um conjunto monumental digno de nota pela sua originalidade. É o caso da enigmática Domus Municipalis, edifício que se acredita ter acumulado as funções de cisterna com a de local de reunião dos “homens bons” do concelho. A seu lado ergue-se a elegante Igreja de Santa Maria, cuja frontaria barroca, de tipo retabular, traduz no granito a talha dourada dos altares. Formando uma união singular entre épocas bem distintas, o pelourinho medieval está incrustado num berrão, estátua zoomórfica com origem em povos castrejos da proto-história.

Para lá das muralhas, as ruas empedradas guiam o viajante por um rosário de templos, em que se destacam o Convento de S. Francisco, as igrejas de S. Vicente e da Misericórdia, e a Sé, com um claustro renascentista e sacristia merecedores de visita atenta. O mesmo percurso está recheado de magníficos solares, edificados entre os séculos XVI e XVII, que hoje albergam instituições públicas.

Mas os tesouros monumentais não se limitam ao coração da cidade. Nas redondezas encontram-se joias como o Mosteiro de Castro de Avelãs, cuja cabeceira de planta circular revestida a tijolo é exemplar único em Portugal do estilo românico-mudéjar, ou a majestosa Igreja de Santo Cristo do Outeiro, com um esplêndido interior em talha barroca e assinalável pintura sacra.

Igualmente importante é o património cultural preservado nas aldeias do concelho, onde perduram tradições ancestrais, numa ruralidade tranquila feita de hábitos comunitários. É assim em Montesinho, aldeia aprazível de casas de pedra aninhadas num vale frondoso, em Rio de Onor, invulgar povoação pousada sobre a fronteira, e em todos os lugares onde há sempre a porta aberta de um sorriso para o receber.

 

 

 

 

True
Mapa
Percurso
Alt. Percurso / Parcours
» Km Km » 38 km/h 40 km/h
Concentração/Rassemblement: Torre de Moncorvo - Praça Francisco Meireles
10:25 10:25
Partida Simbólica / Départ Fictif: Torre de Moncorvo - Praça Francisco Meireles 10 12:25 12:25
Rua Tomás Ribeiro à esq. p/ Rua dos Palheiros, À dta. p/ Av. dos Bombeiros Voluntários, Rotunda à esq. p/ IP4 Porto, À dta. p/ Via Panorâmica, À esq. p/ V. N. Foz Côa, IP2, À esq. em contramão p/ Torre de Moncorvo, N220
142 Partida Real / Départ Réel: N220 (junto à placa T.Moncorvo 5) Início subida / Début col
0 189.2 12:45 12:45
349 Torre de Moncorvo 4.4 184.8 12:51 12:51
356 À dta. p/centro, rotunda em frente p/ Av. dos Bombeiros Voluntários
4.6 184.6 12:52 12:51
380 PM 3ª cat. / Col 3ème cat. - Torre de Moncorvo
4.9 184.3 12:52 12:52
385 À esq. p/ Mogadoro
5.4 183.8 12:53 12:53
390 À dta. p/ Espanha, N220
5.6 183.6 12:53 12:53
458 À esq. p/ Sequeiros, N325
6.9 182.3 12:55 12:55
452 Açoreira 12 177.2 13:03 13:03
570 Maçores 15.8 173.4 13:09 13:08
570 À dta. p/ Urros - Peredo, M613
16 173.2 13:10 13:09
403 À esq. p/ Ligares - Espanha, M325
20 169.2 13:16 13:15
561 Ligares 22.5 166.7 13:20 13:18
577 Rotunda (Capelinha/Cemitério) à dta.
23 166.2 13:21 13:19
577 À esq. p/ Freixo de Espada à Cinta - Poiares, Rua Prof. José M. Barreiros
23.1 166.1 13:21 13:19
230 Ponte, M325-1 Início subida / Début col
32.5 156.7 13:36 13:33
563 PM 3ª cat. / Col 3ème cat. - Freixo de Espada à Cinta (Ecocentro), M325-1
39.5 149.7 13:47 13:44
537 Cruzamento à esq. p/ Freixo de Espada á Cinta, N221
41.3 147.9 13:50 13:46
515 Freixo de Espada à Cinta 41.8 147.4 13:51 13:47
482 Rotunda em frente, N221
42.7 146.5 13:52 13:49
464 Meta Volante - Freixo de Espada á Cinta (junto á C. Municipal)
43.2 146 13:53 13:49
480 Rotunda em frente p/ Bragança, N221 Início subida / Début col
43.6 145.6 13:53 13:50
808 PM 3ª cat. / Col 3ème cat. - Porrinhela, Serra de Reboredo, N221
53.7 135.5 14:09 14:05
726 Rotunda à dta. p/ Mogadouro, N221
56.9 132.3 14:14 14:10
740 Fornos 59.7 129.5 14:19 14:14
725 Lagoaça 61.7 127.5 14:22 14:17
621 Rotunda em frente p/ Alfândega da Fé
75 114.2 14:43 14:37
612 Rotunda à dta. p/ Castelo Branco, N221
75.2 114 14:43 14:37
583 Castelo Branco 75.7 113.5 14:44 14:38
693 Rotunda em frente p/ Vilar de Rei, N221
80.3 108.9 14:51 14:45
776 Zava 82.7 106.5 14:55 14:49
703 Viaduto s/ IC5 - Mogadouro, Av. de Espanha 85.5 103.7 15:00 14:53
743 Meta Volante - Mogadouro (junto á Biblioteca Municipal)
86.6 102.6 15:01 14:54
745 Rotunda em frente e rotunda à dta. p/ Bragança, Av. do Sabor
86.7 102.5 15:01 14:55
728 Rotunda em frente p/ Bragança - Vimioso Zona verde / Zone vert Abertura Abastecimento / Zone Ravitaillement
87.8 101.4 15:03 14:56
760 Rotunda em frente p/ Bragança - Vimioso, N219
88.7 100.5 15:05 14:58
438 Ponte s/ Rio Angueira
105.2 84 15:31 15:22
591 Algoso 107.6 81.6 15:34 15:26
668 Campo de Viboras 113.4 75.8 15:44 15:35
707 Vimioso, rotunda em frente, N219
119.7 69.5 15:54 15:44
720 Rotunda à dta. p/ centro, Rua da Malhada- Rua da Calçada
120.6 68.6 15:55 15:45
721 Meta Volante - Vimioso (junto ao Largo da Capela) em frente p/ Rua Dr. Trigo de Negreiros
121.5 67.7 15:56 15:47
715 À esq. p/ Av. das Alcanices
121.9 67.3 15:57 15:47
680 Rotunda em frente p/ Bragança, Av. das Alcanices
122.5 66.7 15:58 15:48
661 Rotunda em frente p/ Bragança, N218
122.8 66.4 15:58 15:49
436 Ponte s/ Rio Maças
127.7 61.5 16:06 15:56
691 Carção, à dta. p/ Bragança - Argozelo
132.7 56.5 16:14 16:04
686 Rotunda à dta. p/ Bragança
132.9 56.3 16:14 16:04
724 Rotunda à dta. p/ Bragança, N218
133.8 55.4 16:16 16:05
689 Argozelo 139 50.2 16:24 16:13
686 Rotunda em frente p/ Bragança, N218
139.5 49.7 16:25 16:14
756 Rotunda em frente p/ Bragança - Milhão
152.5 36.7 16:45 16:33
762 Rotunda em frente p/ Bragança - Milhão, N218
152.8 36.4 16:46 16:34
720 Milhão 157 32.2 16:52 16:40
632 Freguesia de Gimonde 164.6 24.6 17:04 16:51
518 Gimonde, à esq. p/ Bragança, N218
169 20.2 17:11 16:58
599 Bragança, Av. do Sabor 174.6 14.6 17:20 17:06
633 Rotunda em frente p/ centro, Av. Cidade de Zamora
175.1 14.1 17:21 17:07
665 Rotunda (Oval) em frente p/ Rua Emidio Navarro
175.9 13.3 17:22 17:08
694 Praça Prof. Cavaleiro Ferreira, à esq. p/ Rua 5 de Outubro - Rua Alexandre Herculano
176.4 12.8 17:23 17:09
677 Rotunda à esq. p/ Estrada do Turismo - Samil, N217-1
177.2 12 17:24 17:10
774 Rotunda à esq., N217
181.8 7.4 17:32 17:17
792 Rotunda à dta. p/ Bragança (centro) - Zona Industrial
183.3 5.9 17:34 17:19
806 Rotund (A4) em frente p/ centro - Zona Industrial
183.8 5.4 17:35 17:20
750 Rotunda (Cantarias) em frente p/ centro, Av. das Cantarias
185.4 3.8 17:37 17:23
692 Rotunda à esq. p/ Av. Sá Carneiro
187 2.2 17:40 17:25
689 Rotunda à esq. p/ Rua Padre António Vieira
187.9 1.3 17:41 17:26
708 À esq. (contramão!) p/ Av. Abade de Baçal
188.2 1 17:42 17:27
703 À dta p/ Parque do Eixo Atlântico 188.8 0.4 17:43 17:28
716 Meta Final / Arrivée: Bragança - Rua Prof. António Gonçalves Rodrigues
189.2 0 17:43 17:28
Altimetria