4ª Etapa
Home > Etapas > 4ª Etapa
4ª Etapa / Belmonte - Guarda / 181,6 Km / 8 agosto
Menu
Cidade Partida
Cidade Chegada
Mapa
Percurso
Altimetria
Partida e Chegada
Directo
Galeria
Media
Comunicados
Apresentação 4ª Etapa
Belmonte

Concelho de Belmonte

Coroado pelo castelo medieval, o Concelho de Belmonte sobressai pela beleza das suas paisagens e monumentos, pela riqueza da sua história e recursos, pela sua fabulosa posição estratégica, que o fez dominar, desde tempos imemoriais, territórios e vias de comunicação.
O concelho é constituído pelas freguesias de Belmonte e Colmeal da Torre, Caria, Ínguias e Maçaínhas.
Os vestígios mais antigos remontam ao Neolítico Final / Calcolítico, onde se destaca a anta de Caria. Já o povoado da Chandeirinha e S. Geraldo, são locais que assinalam a presença humana durante a Idade do Bronze / Idade do Ferro.
É, no entanto, da época romana que se encontram os vestígios mais significativos, dos quais se destacam a Villa da Quinta da Fórnea e Centum Cellas, locais ligados à exploração agrícola, mineira, entre outras atividades. De facto, pela quantidade de materiais importados descobertos (ânforas, lucernas, terra sigillata, etc.) é notório o dinamismo económico que a região conheceu, que se refletiu no comércio. Também não será alheio, o facto de que em Belmonte passava a via romana que ligava Mérida a Braga.
D. Sancho I concede foral a Belmonte em 1199, com o intuito de promover o seu desenvolvimento e povoamento. Mais tarde, D. Afonso III concede autorização ao Bispo D. Egas Fafes, para construir uma Torre em Belmonte.
D. Afonso V doou o castelo a Fernão Cabral I, transformando-o na residência da família Cabral. Da família destaca-se a figura de Pedro Álvares Cabral, Descobridor do Brasil e que deu Novos Mundos ao Mundo.
Mas Belmonte também soube acolher gentes de outros credos e culturas. Aqui estabeleceu-se uma Comunidade Judaica que sobreviveu séculos e séculos (Criptojudaismo), perdurando ainda na atualidade e recentemente eleita uma das 7 Maravilhas da Cultura Popular.
A história, o património e as tradições são divulgadas nos 6 espaços museológicos existentes na vila de Belmonte; Núcleo Museológico do Castelo de Belmonte, Igreja de Santiago/ Panteão dos Cabrais (Centro Interpretativo dos Caminhos da Fé), Museu Judaico, Ecomuseu do Zêzere, Museu do Azeite e Museu dos Descobrimentos.
No concelho, destaca-se também a Torre de Centum Cellas, a Villa Romana da Quinta da Fórnea, a Casa da Torre, a Casa Etnográfica, a Casa da Roda e as Pinturas Murais da Capela do Divino Espírito Santo.
Mas não é só a história de Belmonte que merece uma visita, perca-se nos seus trilhos naturais, nos quais se inclui o troço da Via da Estrela, Caminho de Santiago de Compostela e o troço da GR22 – AHP. Experimente a sua gastronomia e vinhos e desfrute.

Guarda

Guarda: Beleza Interior… à Vista de Todos!

Mais de oito séculos de história e um vasto património histórico, cultural, natural, e afetivo fazem da “cidade mais alta”, a Guarda, um local de visita obrigatória. E situada no seu coração, na Praça Luís de Camões, centro do espaço amuralhado, está a bela Catedral da Guarda. Esta Sé, com os seus estilos gótico e manuelino, construída entre os séculos XIV e XVI, é de visita obrigatória! Suba aos terraços e delicie-se com a paisagem. Outros Miradouros de igual interesse paisagístico e patrimonial são a Torre de Menagem a 1056 metros de altitude (ponto mais alto) e a Torre dos Ferreiros, com o seu elevador panorâmico. Perca-se depois pelas ruas do centro histórico e pelo bairro Judeu, um dos mais importantes do país.
Com o tempo a aquecer e o desconfinamento a convidar aos passeios pela Natureza, não é demais relembrar que a Guarda e as suas aldeias de montanha, integradas no Parque Natural da Serra da Estrela, são de visita obrigatória. Ar puro, rios de água cristalina e uma riqueza paisagística inigualável são o denominador comum e o melhor dos pretextos para visitar os trilhos e percursos do concelho (wwww.mun-guarda.pt). Com a época balnear quase a começar, sugerimos ainda um mergulho nas praias fluviais de Valhelhas, Aldeia Viçosa, Mondego, Quinta da Taberna (Videmonte) e piscina flutuante do Caldeirão, nos Vales do Mondego e Zêzere. Para o início deste verão está prevista a abertura dos Passadiços do Mondego, percurso de 12 km onde é possível apreciar muito da beleza verdejante do rio Mondego, entre o Caldeirão e Videmonte.
Quanto ao repasto, uma visita à Guarda implica deliciar-se com os seus mais afamados pratos: a morcela com grelos, a posta de vitela jarmelista, o cabrito assado, o azeite do Vale do Mondego e o Queijo da Serra da Estrela são de experiência obrigatória e servidos pela grande a maioria dos restaurantes do concelho.

Muitos e bons motivos para subir à Mais Alta.
Guarda: Beleza Interior… à Vista de Todos!

 

Mapa
Percurso
468 Partida Real / Départ Réel: N345 (junto ao desvio para Malpique)
0 181.6 12:20 12:20
460 Passagem de nível / Passage à niveau
0.6 181 12:21 12:20
435 À esq. p/ Caria. N18-3
2.8 178.8 12:24 12:24
480 À esq. p/ Sortelha - Sabugal, N18-3
3.9 177.7 12:26 12:26
493 À esq. p/ Sortelha, M542
13.1 168.5 12:42 12:41
505 Início subida / Début col 15.1 166.5 12:45 12:44
730 PM 4ª cat / Col 4ème cat - Sortelha 19.3 162.3 12:53 12:51
818 Aldeia de Stº António, rotunda em frente p/ Sabugal, M542
27.4 154.2 13:06 13:04
759 À esq. p/ Sabugal, N233
30.9 150.7 13:12 13:10
749 À dta. p/ Centro - Ponte s/ Rio Côa
31.1 150.5 13:13 13:10
749 À dta. p/ Av. Ismael Mota
31.2 150.4 13:13 13:10
748 Meta Volante - Sabugal (junto ao Tribunal)
31.8 149.8 13:14 13:11
750 À esq. p/ Rua Barbosa do Bocage - Rua António José de Almeida
32 149.6 13:14 13:11
762 À esq. p/ Av. Infante D. Henrique
32.3 149.3 13:15 13:12
744 Rotunda em frente p/ Guarda - Ponte s/ Rio Côa
32.8 148.8 13:16 13:13
750 Rotunda à dta. p/ Guarda, N233
33.1 148.5 13:16 13:13
752 À dta. p/ Rapoula do Côa, N324
34.5 147.1 13:19 13:15
727 Rapoula do Côa, N324 43.2 138.4 13:34 13:30
726 Cerdeira do Côa - Túnel (Linha Férrea) 54.6 127 13:53 13:48
813 Alto do Leomil, rotunda em frente p/ Almeida, N324
65.5 116.1 14:12 14:06
788 Rotunda (A25) em frente p/ Almeida - Pinhel, N324
67.1 114.5 14:15 14:08
604 Pinhel, rotunda à dta. p/ Figueira de Castelo Rodrigo, N221
89.3 92.3 14:53 14:44
560 À dta. p/ Pinhel, Rua D. Manuel I
91 90.6 14:56 14:47
609 Rotunda à dta. p/ Rua de Espanha - Rua Silva Gouveia
92 89.6 14:57 14:49
630 Praça Sacadura Cabral em frente p/ Rua da República (Sentido Proibido!)
92.5 89.1 14:58 14:50
641 Separador pela esq. p/ Rua da Liberdade (Sentido Proibido!)
92.8 88.8 14:59 14:50
642 Meta Volante - Pinhel, pela dta. p/ Av. Frederico Ulrich
92.9 88.7 14:59 14:50
642 Rotunda à dta. p/ Av. carneiro de Gusmão
93 88.6 14:59 14:50
618 Rotunda (Carneiro de Gusmão) à esq. p/ Rua da Fonte Nova
93.7 87.9 15:00 14:51
590 À esq. p/ Guarda
94.3 87.3 15:01 14:52
606 Rotunda à dta. p/ Guarda, N221
95.4 86.2 15:03 14:54
628 Rotunda à dta. p/ V. F. das Naves, N226
99.2 82.4 15:10 15:00
563 Vila Franca das Naves, à esq. p/ Guarda - Freixedas
114.2 67.4 15:35 15:25
562 Rotunda à dta. p/ Celorico
114.3 67.3 15:35 15:25
547 Rotunda à dta. p/ Celorico
114.6 67 15:36 15:25
593 Rotunda em frente p/ Celorico
115.3 66.3 15:37 15:26
570 Separadores à dta. p/ Vilares - Maçal da Ribeira
116.4 65.2 15:39 15:28
551 Rotunda à dta. p/ Maçal da Ribeira
116.6 65 15:39 15:29
550 Rotunda à esq. p/ Maçal da Ribeira, M580
116.9 64.7 15:40 15:29
494 Maçal da Ribeira, à dta. p/ Maçal do Chão
117.5 64.1 15:41 15:30
477 À esq. p/ Baraçal (centro), M580
122.9 58.7 15:50 15:39
488 À dta. p/ Celorico Gare - Celorico da Beira
123.4 58.2 15:51 15:40
412 À esq. p/ Celorico da Beira, N102
128.7 52.9 16:00 15:48
435 Rotunda em frente p/ Celorico, N102
129.6 52 16:02 15:50
440 Rotunda em frente p/ Celorico (centro)
131.2 50.4 16:04 15:52
482 Meta Volante - Celorico da Beira
132.5 49.1 16:07 15:54
518 Rotunda (República) à esq. p/Av. Marques Fernandes
133.3 48.3 16:08 15:56
519 Hotel Quinta dos Cedros, pela esq. p/ A25 134.1 47.5 16:09 15:57
518 Rotunda À esq. p/ Trancoso - V. N. Foz Côa
134.2 47.4 16:10 15:57
462 Rotunda à dta. p/ Prados - Vale de Azares, M557
135.2 46.4 16:11 15:59
508 Inicio subida / Début col 141.1 40.5 16:21 16:08
580 Pela dta. p/ Cadafaz, M555
142.6 39 16:24 16:11
845 Prados, pela esq. p/ Guarda - Videmonte, M616 148.2 33.4 16:34 16:20
1111 PM 2ª cat / Col 2ème cat - Videmonte 152 29.6 16:40 16:26
964 Videmonte, à dta. p/ Guarda, Av. da Cruz, CM1176
155.7 25.9 16:46 16:32
888 Trinta (placa) 160.3 21.3 16:54 16:39
910 Em frente p/ Guarda, N338
161.6 20 16:57 16:42
701 Ponte s/ Albufeira do Caldeirão, N338 Início subida / début col
165.9 15.7 17:04 16:49
815 Maçainhas de Baixo, N338 168.1 13.5 17:08 16:52
909 Rotunda à dta. p/ Guarda (centro), N16
170.7 10.9 17:12 16:56
950 Rotunda à dta. p/ A23 - A25 - VICEG
171.1 10.5 17:13 16:57
991 PM 3ª cat / Col 3ème cat - Guarda 172.2 9.4 17:15 16:59
920 Rotunda (G) à esq. p/ A23 - A25 - VICEG
172.7 8.9 17:16 17:00
856 Rotunda à dta. p/ A23 - A25 - VICEG
175.2 6.4 17:20 17:04
854 Rotunda em frente p/ A25 - VICEG
176.1 5.5 17:21 17:05
843 Rotunda à esq. p/ A25 - VICEG
176.7 4.9 17:22 17:06
812 Rotunda (McDonald
177.3 4.3 17:23 17:07
814 Rotunda à esq. p/ centro, Av. Cidade de Salamanca Início subida / Début col
178.5 3.1 17:26 17:09
864 Rotunda em frente p/ Av. Cidade de Watterbury - Av. Cidade de Bejar
179.3 2.3 17:27 17:10
931 Rotunda à dta. p/ Av. Cidade de Bejar
180.3 1.3 17:29 17:12
948 Rotunda em frente p/ Rua António Sérgio
180.5 1.1 17:29 17:12
965 Rotunda em frente p/ Rua Nuno Álvares Pereira
181.1 0.5 17:30 17:13
995 Meta Final / Arrivée: Guarda - Largo Gen. Humberto Delgado PM 3ª cat / Col 3ème cat
181.6 0 17:31 17:14
Altimetria
Partida
Chegada
Actualizar
Galeria
4ª ETAPA 82ª VOLTA PORTUGAL SANTANDER
Estreou-se na Guarda a vencer. É a primeira de Frederico Figueiredo na Volta.
O vencedor da 4ª Etapa da Volta

Declarações de Frederico Figueiredo à RTP após triunfo na Guarda.

Alejandro Marque mantém Camisola Amarela

O espanhol de 39 anos ficou em 16º lugar na 4ª Etapa da Volta a Portugal Santander, mas conseguiu manter a Camisola Amarela e é o líder da geral. Amaro Antunes, da W52-FC Porto, está a apenas 5 segundos de Marque na classificação geral.